Blog | 09 de Novembro de 2021

4 passos rumo a Inteligência de Dados

Featured Image

Você tem a constante sensação de sobrecarga de dados? Com tantos dados em sua organização, você sabe exatamente todos os tipos que possui ou de onde eles vêm?

Você pode se sentir paralisado frente aos dados devido ao volume, dispersão e tipos inesperados. O enorme volume de dados também apresenta desafios para muitas partes interessadas em sua organização.

Inscreva-se no webinar: Conheça seus dados – O primeiro passo rumo à Inteligência de Dados

Mas talvez o maior problema seja que não compreender completamente seus dados pode resultar em riscos de conformidade. Em poucas palavras, você precisa entender e usar melhor seus dados.

O ecossistema de dados de hoje oferece vários desafios. Por um lado, uma lista crescente de leis e regulamentos de privacidade e segurança que devem ser cumpridos. Por outro, a necessidade de democratização dos dados e maior acesso aos dados entre as diferentes áreas de uma organização. A inteligência de dados é um ato de equilíbrio entre as obrigações de conformidade e a promoção do acesso aos dados. Confira os quatro pilares da inteligência de dados.

Pilar 1: Entenda seus dados

O primeiro passo é se organizar.

Classifique e catalogue os dados que vêm de todas as fontes, sejam eles estruturados ou não estruturados. Você pode aproveitar soluções de descoberta de dados impulsionadas por IA para completar esta etapa do processo.

Inscreva-se no webinar: Conheça seus dados – O primeiro passo rumo à Inteligência de Dados

Quando você terminar de organizar, o resultado será um catálogo completo de dados. É importante que você conecte isto a um glossário de negócios. Para entender os tipos de dados que você tem, toda sua equipe deve estar usando a mesma terminologia. Isto inclui as classificações dos dados, que tipos de dados você tem, onde eles estão localizados e os metadados técnicos.

Pilar 2: Governe os dados

A governança de dados é o conceito e a prática de garantir que sua coleta, armazenamento e uso de dados atenda a todas as regras e regulamentos de privacidade aplicáveis. Na fase da coleta, aprimore as especificidades de governança de dados, como por exemplo:

  • Acesso
  • Localização e Retenção
  • Minimização de dados
  • Proteção de dados

Se você encontrar violações em qualquer uma dessas áreas, trate-as imediatamente aplicando controles para corrigir o curso. Certifique-se de definir papéis, responsabilidades e processos ao revisar a governança de dados.

Pilar 3: Utilize os dados

Em vez de ficar paralisado frente aos dados, o terceiro passo para a inteligência de dados significa que você irá finalmente usá-los para tomar ações. Como você criou as bases, agora você pode acessar e usar seus dados ao mesmo tempo que mantém a conformidade.

  • Você compreende suas obrigações e as exigências vinculadas a seus dados.
  • Você tem acesso rápido e fácil ao conjunto exato de dados de que precisa.
  • Tudo está pronto para um uso mais eficiente e eficaz dos dados.

O processo final é semelhante à uma excelente experiência de compra online: você realiza uma pesquisa simples para encontrar o que está procurando. Ao encontrar o que precisa, você encomenda seu produto. Além disso, o site fornecerá sugestões e avisos para ajudá-lo a tomar a melhor decisão.

Pilar 4: Aprimore os dados

Mantenha-se informado sobre a maturidade de sua governança de dados através de relatórios, coleta de feedback e pontuação de confiança. Realize revisões e atualizações de políticas constantemente.

Defina os KPIs para que você possa medir a eficácia de suas melhorias de dados ao longo do tempo. Estes devem abordar questões como:

  • Os dados estão sendo usados?
  • O que os dados trouxeram de ROI para a organização?
  • Há alguma evidência de que os esforços de inteligência de dados tenham sido bem-sucedidos?

Conclusão: Automatize sua Inteligência de Dados

A execução dos quatro passos rumo a inteligência de dados pode levar muito tempo e consumir muita energia se você fizer tudo manualmente. A melhor maneira de fazer esse processo com rapidez e precisão é automatizá-lo. O uso da automação também permitirá escalabilidade à medida que você for incorporando mais dados no futuro.

Ao considerar as plataformas que suportam inteligência de dados, procure um sistema que integre aplicações de privacidade, segurança e governança de dados. Ao combinar estes propósitos, você verá mais resultados a partir do uso dos dados. Você também se certificará de que está atendendo às exigências comerciais e regulamentares, usando os dados corretamente para impulsionar mudanças e melhorias.

OneTrust DataGovernance é uma plataforma em nuvem projetada para fornecer descoberta e classificação de dados, catalogação, governança e a capacidade para que os usuários comerciais ou técnicos encontrem e solicitem os dados de que necessitam. Pontuações de confiança, feedback e KPIs permitem monitorar e melhorar continuamente todo o seu programa ao longo do tempo e incentivar continuamente o uso inteligente dos dados.

Leituras adicionais:

  • Veja o Relatório: The Forrester Wave™ – Soluções de governança de dados, relatório do terceiro trimestre de 2021.
  • Leia o artigo: O que procurar em soluções de Descoberta de Dados?
  • Leia o artigo: Por que a sua organização precisa de Descoberta de Dados automatizada?

Próximas etapas sobre a Inteligência de Dados: 

  • Inscreva-se no webinar: Conheça seus dados – O primeiro passo rumo à Inteligência de Dados
  • Assista o webinar: Descoberta de Dados – uma abordagem ágil para a Governança de Dados
  • Solicite uma demonstração para saber mais sobre como as ferramentas de governança de dados da OneTrust podem melhorar as funções de privacidade e segurança de sua organização.
Onetrust All Rights Reserved